Pular para o conteúdo principal

Sisu 2016: primeira nota de corte é divulgada

As notas de corte para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2016 foram divulgadas nesta terça (12) e já podem ser consultadas pelos estudantes no portal de inscrições. Elas representam a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados para as 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), nos dias 13 e 14 de janeiro, também às 9 horas, as notas de corte serão atualizadas. Aqueles que buscam uma vaga devem se inscrever até as 23h59 (horário de Brasília) de quinta-feira (14).

Monitorar o sistema pode ajudar o estudante a aumentar suas chances de aprovação. Como o Sisu funciona de forma dinâmica, é possível mudar a inscrição quantas vezes for necessário até o prazo final.

Se a nota de corte estiver muito acima da pontuação obtida no Enem, a melhor saída é escolher outro curso e/ou instituição com nota mínima mais baixa.

Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2015. As notas foram divulgadas na última sexta (8).

Aplicativo do Sisu
Neste ano, o MEC lançou um aplicativo para os sistemas Android, Windows e IOS. A ferramenta é voltada apenas para consulta de informações do programa, já que a inscrição é realizada exclusivamente no endereço eletrônico sisu.mec.gov.br.

O aplicativo, gratuito, oferece consultas a vagas disponíveis e uma calculadora eletrônica, que permite simular a classificação parcial. Ele também oferece uma agenda para datas de inscrição até a convocação da lista de espera.

Como funciona o Sisu
Para disputar as vagas os candidatos precisam, necessariamente, ter participado da edição de 2015 do Enem e ter obtido nota na prova de redação que não seja zero.

O Sisu é um sistema eletrônico gerenciado pelo MEC que seleciona os alunos, de acordo com o desempenho no Enem. O estudante pode se inscrever em até duas opções de vagas, por ordem de preferência.

Ao fazer sua inscrição, o candidato ainda precisa apontar se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às vagas reservadas para Lei de Cotas ou às destinadas às demais políticas afirmativas da instituição selecionada.

Durante o período de inscrição, é possível verificar a nota de corte de cada curso e mudar a candidatura, otimizando as chances de aprovação.

Nota de corte
A nota de corte é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados. O MEC alerta que ela "é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada. O sistema não faz o cálculo em tempo real e a nota de corte é modificada de acordo com a nota dos inscritos. A nota de corte só será informada pelo sistema a partir do segundo dia de inscrição."

Resultado
O resultado da chamada regular será divulgado no dia 18 de janeiro na página do Sisu e nas instituições de ensino superior.

As matrículas ocorrem nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Assim como na edição anterior, só haverá uma chamada.

Entre os dias 18 de janeiro e 29 de janeiro os candidatos que não foram convocados para sua primeira opção podem entrar na lista de espera. Caso sobrem vagas, as instituições poderão convocar os alunos dessa lista.

Pelo Sisu, os candidatos que fizeram o Enem disputam vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país.

USP adere ao Sisu
A Universidade de São Paulo (USP) vai exigir nota mínima de 700 pontos no Enem para os cursos Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Gestão Ambiental, Administração, Odontologia, Química, Medicina Veterinária e Zootecnia.

Confira quais as carreiras e unidades:
- Campus de Piracicaba: Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Gestão Ambiental.
- Campus de Ribeirão Preto: Química (Integral- Matutino/Vespertino e noturno), Administração (noturno e matutino), Odontologia (Integral-Matutino e Vespertino)
- Campus Pirassununga: Medicina Veterinária, Zootecnia.

Nesses cursos, o aluno deverá ter conseguido os 700 pontos na Redação e em todas as provas (Matemática; Linguagens, Códigos; Ciências Humanas e Ciências da Natureza).


Essa é a primeira vez que universidade adere ao Sisu. A instituição decidiu que 1.499 das 11.057 vagas do vestibular 2016 serão preenchidas por meio da nota do Enem 2015. Alguns dos cursos mais concorridos, como medicina em São Paulo, audiovisual e engenharia, ficaram de fora da adesão ao Enem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entenda o que é o título Persona non grata

Diante dos votos contrários dos vereadores oposicionistas de Pau dos Ferros de não aprovar o título de "persona non grata" ao professor que criticou a cidade de Pau dos Ferros (veja aqui), venho esclarecer aos cidadãos e web-leitores o que significa esse título.
Persona non grata (Latim, no plural: personae non gratae), cujo significado literal é "pessoa não bem-vinda", é um termo utilizado em diplomacia com um significado especializado e judicialmente definido.
Sob a Convenção de Viena sobre as Relações Diplomáticas, artigo 9, um Estado pode declarar "em qualquer altura e sem necessidade de justificação" qualquer membro dos emissários diplomatas como persona non grata — i.e., não aceite (enquanto que persona grata significaria aceitável) — mesmo previamente à sua chegada ao Estado em questão. Geralmente, a pessoa é recambiada para a sua nação de origem. Caso isso não aconteça, o Estado "poderá recusar-se a reconhecer a pessoa como membro da missão&…

TSE começa a julgar nesta terça ação que pede cassação da chapa Dilma-Temer

Os sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começam a julgar na manhã desta terça-feira (4), a partir das 9h, a ação que pede a cassação da chapa montada, em 2014, por Dilma Rousseff e Michel Temer para disputar a reeleição ao Palácio do Planalto. A análise do caso no plenário da Corte eleitoral ocorre dois anos e cinco meses depois da vitória de Dilma e Temer nas urnas.
Se ao final do julgamento a chapa for condenada, Temer pode ser afastado da Presidência e Dilma poderá ficar inelegível por oito anos. Apesar de a petista ter sido destituída do comando do país no ano passado por um processo de impeachment, os senadores mantiveram os direitos políticos dela.
Se Dilma for considerada culpada pelos supostos abusos na campanha de 2014, ela poderá, desta vez, ficar impedida de ocupar cargos públicos e disputar eleições.
A possibilidade de uma nova reviravolta na chefia do Palácio do Planalto vai atrair, nos próximos dias, as atenções do país para a sede do Tribunal Superior Eleito…

Temer decide recriar Ministério da Cultura

O ministro da Educação, Mendonça Filho, informou neste sábado (21) que o presidente em exercício Michel Temer decidiu recriar o Ministério da Cultura (Minc).
O novo ministro será Marcelo Calero, anunciado na última quarta (18) como secretário nacional de Cultura. Ele deve tomar posse na terça-feira (25).
Com a decisão, a Cultura deixa de ser uma secretaria e não ficará mais subordinada ao Ministério da Educação.
A decisão de fundir as pastas de Educação e Cultura foi tomada com base no princípio adotado por Michel Temer ao assumir de reduzir o número de ministérios.
Diante dos protestos de parte dos artistas e de servidores do Ministério da Cultura, Temer já havia anunciado que, mesmo como secretaria, a estrutura da pasta seria mantida.
Nesta sexta-feira (20), edição extra do "Diário Oficial da União" publicou medida que dava status de "natureza especial" ao cargo de secretário da Cultura.
Agora, depois de ouvir artistas e representantes do setor, o presidente em exercíc…